Annuities - Anuidades nos EUA

Print Friendly, PDF & Email

Anuidades para brasileiros nos EUA

Annuity, Anuidade para Brasileiros nos Estados Unidos

Anuidades possuem um benefício que nenhum outro veículo financeiro possui: um pagamento que você não pode superar. Investimentos e poupanças podem ser esgotados e deixar um indivíduo sem outros recursos. Por outro lado, os pagamentos de anuidades são garantidos pelo resto da vida.

Um complemento de renda para sua aposentadoria, em moeda forte, e nos EUA!

Imagine que você tenha uma quantia em dinheiro para te sustentar pelo resto de sua vida. Se você gastar demais todo mês, você ficará sem dinheiro enquanto ainda está vivo. Se você gastar pouco, você não maximizaria o uso daquele dinheiro — você morreria antes de usá-lo por completo. Uma anuidade elimina esta incerteza, convertendo uma quantia em dinheiro em uma série de pagamentos periódicos cuja duração é garantida pelo resto da vida.

Acúmulo de um fundo de aposentadoria

E se o investidor não tiver uma quantia em dinheiro para um fundo de aposentadoria? A anuidade também pode ser estruturada de modo a permitir o acúmulo deste fundo ao longo do tempo, antes da distribuição do fundo começar, no período de pagamento. Separando um pouco de sua renda atual, você poderá acumular ao longo do tempo uma quantia em dinheiro que poderá ser convertida em um fluxo de pagamentos de renda vitalícia, conforme exibido na segunda ilustração.

É para isso que as anuidades existem — para distribuir uma renda vitalícia e acumular uma quantia em dinheiro, se necessário. A grande popularidade das anuidades comprova a importância destas metas financeiras nas mentes dos investidores.

O risco de economias insuficientes

Entenda o porquê de os investidores acharem as anuidades tão atraentes. Como todo seguro, as anuidades têm como objetivo mitigar um risco com que os investidores se deparam: neste caso, o risco de viver mais que suas economias. Quanto mais vivemos, mais nossas fontes financeiras ficam menores, até, eventualmente, nossas economias se esgotarem.
A anuidade nos permite transferir parte do risco financeiro de vivermos mais do que nossos ativos para uma seguradora. A anuidade garante que nossa renda mensal permaneça intacta conforme envelhecemos. Quando uma seguradora se compromete com um risco de anuidade, ela assume a potencial obrigação de realizar pagamentos de anuidade por bastante tempo. Isto pode durar 10, 20, 30 ou até mais anos, dependendo do período de vida do segurado.

Partes da anuidade

Como uma apólice de seguro, uma anuidade é um contrato entre um comprador e uma seguradora. O comprador paga o prêmio e, geralmente, é o titular do contrato. O titular do contrato nomeia o segurado, que é a pessoa que receberá pagamentos vitalícios da anuidade. Geralmente, o titular do contrato e o segurado são a mesma pessoa. O titular do contrato também nomeia um beneficiário, que recebe quaisquer benefícios de sobrevivência a serem pagos pela anuidade, após a morte do titular do contrato/segurado.

O período de acumulação

A característica comum entre todas as anuidades é a distribuição de uma renda vitalícia. No entanto, isto acontece depois de um tempo, geralmente após o contrato já estar vigente há alguns anos.
A maioria das anuidades possuem um período de acumulação. Na verdade, sempre haverá um período de acumulação, a menos que o comprador já tenha um montante fixo para comprar o contrato de anuidade e o comprador deseja que o pagamento comece imediatamente. O período de acumulação se inicia com o pagamento de um prêmio por parte do comprador para uma seguradora.

Em todos os tipos de anuidades, durante o período de acumulação, o pagamento de um prêmio pelo comprador rende juros e a combinação do valor principal mais juros rende mais juros no ano seguinte, e assim por diante. Isto é conhecido como juro composto; isto é, juros sobre juros. O período de acumulação da anuidade pode começar com o pagamento de um único montante fixo ou o primeiro de vários pagamentos periódicos de prêmios.

Pode-se observar o benefício do juro composto com as anuidades quando o período de acumulação se inicia com o primeiro de uma série de pagamentos de prêmios. Neste caso, os juros rendidos sobre o valor principal original no primeiro ano são adicionados ao valor principal original e ao depósito realizado durante o segundo ano. O juro é composto quando, no segundo ano, esta soma combinada rende juros.
Nos EUA, atualmente, os juros rendidos pelo contrato de anuidade não são tributados do mesmo modo que a maioria dos veículos de investimento de poupança. Em vez disso, se uma pessoa possui uma anuidade, os juros geralmente não são tributados até o início do pagamento do contrato. Ao passo que, durante o período de acumulação, estes juros não tributados rendem ainda mais juros, que também não são atualmente tributados, e são adicionados ao principal. Esta vantagem tributária é uma importante razão pela qual as pessoas compram anuidades nos EUA.

O período de pagamento

Agora, chegamos ao momento em que desejamos começar a usar o dinheiro acumulado — não tudo de uma vez, mas apenas o suficiente periodicamente para podermos viver com conforto. Cada pagamento periódico de anuidade pode ser considerado uma "mistura" de nossos depósitos e dos juros que estes depósitos renderam. Na próxima ilustração, você pode ver fundos fluindo tanto dos depósitos principais quanto dos juros acumulados para compor cada pagamento de anuidade. É exatamente assim que as leis de imposto de renda dos EUA veem os pagamentos de anuidade, como veremos melhor em outra unidade.

Uma anuidade é uma combinação de três coisas: depósitos, juros e fator de mortalidade. Mesmo após o segurado tiver esgotado todos os depósitos e juros, ele ainda pode receber pagamentos de anuidade vitalício devido à aceitação da seguradora do risco de longevidade.

A empresa de seguro de vida é a organização que nos permite operar nosso fundo de anuidade. Nós pagamos nossos depósitos de prêmios para a empresa, que credita estes depósitos com juros rendidos e nos promete pagar uma renda periódica pelo resto de nossas vidas, com início em algum momento no futuro. Nós assumimos o risco de que morreremos antes de recebermos todos nossos depósitos (mais juros) e a seguradora assume o risco que viveremos por muito tempo.

Anuidades versus pagamentos parcelados

O termo anuidade é usado frequentemente de maneira genérica para se referir a quaisquer séries de pagamentos periódicos, mesmo se o número de pagamentos não for contingente à longevidade do receptor. Para uma anuidade vitalícia, no entanto, os pagamentos são baseados em fatores de mortalidade. O pagamento periódico é computado com base na expectativa de vida do receptor no momento em que o pagamento é iniciado.
A liquidação de uma soma principal em parcelas ao longo de um período fixo de anos (pagamentos de período fixo) não é a mesma coisa que uma anuidade para a vida toda.
De modo similar, a liquidação de uma soma principal em parcelas fixas e iguais (pagamentos de quantia fixa) não é a mesma coisa que uma anuidade para a vida toda. Os pagamentos de quantia fixa terminarão quando o último pagamento esgotar o valor principal e juros remanescentes, mesmo se o receptor ainda estiver vivo.
Os pagamentos de período fixo e de quantia fixa são, às vezes, chamados de anuidades temporárias e falaremos mais sobre eles mais adiante no curso.

Popularidade das anuidades nos Estados Unidos

As pessoas estão vivendo por mais tempo. O desafio é que o cidadão comum que está aposentando hoje deve planejar uma aposentadoria que durará de 15 a 20 anos. Para alguns, a aposentadoria durará 30 anos ou mais. Os aposentados devem lidar com as seguintes questões:

  • O custo de vida está aumentando
  • As pessoas estão vivendo por mais tempo e de modo mais saudável
  • A Previdência Social pode não ser capaz de cumprir suas obrigações a longo prazo
  • Mais anos aposentado e menos suporte do governo irá significar mais dependência dos ativos pessoais para atender às necessidades financeiras da aposentadoria
  • A maioria das pessoas podem não saber o quanto precisam economizar para manter seu padrão de vida atual durante a aposentadoria
  • Muitas contas de aposentadoria foram dizimadas pela crise econômica e podem levar anos para se recuperar
  • Esta incerteza sobre a vida após a aposentadoria transformou anuidades em um dos investimentos mais desejados nos EUA atualmente